segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

2º IHSW + Selinho


Olá meninas!

Este IHSW foi mais produtivo que no mês passado. :) Apesar de ter passado o sábado a trabalhar e depois do trabalho termos ido a uma festa de anos de um primo meu, ainda consegui bordar um bocadinho à noite. No domingo como o dia esteve lindo, com um sol quentinho, aproveitámos para limpar a casa e irmos às compras. O resto da tarde foi passado a bordar e a apanhar banhos de sol, isto é, uma de nós. =D

Aqui está a nossa gatucha a fazer o que mais gosta:


Em relação ao ponto cruz, consegui terminar a primeira parte do meu SAL da Lizzie Kate - Sweet Tooth. Felizmente consegui encontrar uns botões azuis pequeninos, para aplicar no bordado numa retrosaria ao pé da casa dos meus pais. :)


E então, gostam?
 

Voltei a receber mais um selinho. :) Desta vez a Márcia que me deu um. Muito obrigada querida!


Boa semana meninas! Beijinhos

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

1º Bordado de 2012 + Troca Dia dos Namorados

Boa tarde meninas!

Passaram bem o Dia dos Namorados? Receberam e deram muitas prendinhas? :) Espero que tenha corrido tudo bem e que tenham passado um dia maravilhoso e especial. Eu adorei o nosso. :) Depois mostro-vos a prenda que o Pedro me ofereceu. :)

Hoje venho falar-vos de uma troca que participei no fórum de ponto cruz - Arte que Eu Amo para o Dia dos Namorados. Foi a primeira vez que participei numa acção destas e confesso que gostei. :)
A troca consistia em enviar vários miminhos à nossa parceira do fórum para que ela os recebesse no dia 14 ou antes, entre os quais, um miminho feito por nós e outro comprado, dois materais que ela costuma usar e muitos docinhos.

Assim que soube que a minha parceira era a Sónia, tratei logo de ir ver quais eram os gostos dela e comecei a pensar no que iria bordar e comprar para lhe oferecer. Foi assim que surgiu o meu primeiro bordado deste ano, um saquinho de cheiro. :) 


Também enviei 10 guardanapos, uma moldura em madeira, alfinetes, 3 linhas Anchor, 3 corações em feltro para ela aplicar, chococates, rebuçados, chupas, chás, 1 revista com brinde e 2 materiais para bijutaria. Como a Sónia está grávida de um menino, decidi enviar um babete azul para ela bordar e um fatinho quentinho para o bébé. :)  

Tive alguma dificuldade em encontrar nas lojas algo alusivo a este dia. Só consegui encontrar quase na data limite para enviar a troca. :( As lojas este ano demoraram a colocar as coisas. Como não podia deixar de ser, tive de comprar algo com gatos. Decidi oferecer um bloco de notas romântico para ela, e um pendente para colocar no meu carro. :)


Pronto, eu sei que abusei um pouco mas é que eu adoro mimar as pessoas. Faz parte do meu feitio. :) Por outro lado, eu fui a parceira da querida Sandra, que me enviou 2 linhas DMC, 1 vela, 6 botões, 1 bocado de feltro, 1 pano de cozinha para bordar, 2 chocolates, 1 conjunto de porta-chaves com gatinhos, 1 vasinho para colocar uma fotografia e 3 trabalhos feitos por ela. 


Adorei tudinho Sandra!!!!! Muito, muito obrigada amiga! :) Os gatinhos já estão nos nossos porta-chaves. Ficam tão lindos lá! :)  Em relação ao pano de cozinha, ainda não sei o que vou bordar mas assim que souber vais ser a primeira a saber. :)

Até à próxima meninas! Beijinhos

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

São Valentim e o "Dia dos Namorados"

Boa noite meninas!

Fui almoçar no sábado passado a casa dos meus pais e decidi ir buscar uma pizza. Enquanto estive à espera que o meu pedido ficasse pronto fui espreitar os papéis que estavam em cima do balcão e deparei-me com o jornal da localidade. Ao lê-lo encontrei esta história sobre o Dia dos Namorados e os seus possíveis criadores. Gostei tanto da história que decidi partilhá-la com vocês. Espero que a apreciem tanto como eu. :)
Entre nós, o Dia dos Namorados celebra o amor, a paixão entre amantes e a partilha de sentimentos. Todos os anos, no dia 14 de Fevereiro, ocorre a azáfama da troca de chocolates, envio de postais e de oferta de flores. Muitos casais planeiam jantares românticos, noites especiais e fazem planos para surpreender e agradar à sua "cara-metade". Há também quem escolha este dia para se declarar à pessoa amada e também quem avance com pedidos de casamentos, embebido pelo espírito do dia.

A História
O Dia dos Namorados é celebrado naquele que até 1969, era o Dia de São Valentim. No entanto a Igreja Católica decidiu não celebrar os santos cuja origens não são claras. Isto porque até nós, chegaram relatos de pelo menos dois Valentins, santos martirizados, directamente relacionados com o dia 14 de Fevereiro.
As raízes deste dia remontam à Roma Antiga e à Lupercália, festa em homenagem a Juno, deusa associada à fertilidade e ao casamento. O festival consistia numa lotaria, onde os rapazes tiravam à sorte de uma caixa, o nome da rapariga que viria a ser a sua companheira durante a duração das festividades, normalmente um mês. A celebração decorreu durante cerca de 800 anos, em Fevereiro, até que em 496 d.c., o Papa Gelásio I decidiu instituir o dia 14 como o dia de São Valentim, para que a celebração cristã absorvesse o paganismo da data.
A dúvida persiste no entanto, em saber a qual dos santos se refere este dia. Muitos acreditam tratar-se de um padre que desafiou as ordens do imperador romano Claudio II. A lenda diz que o imperador proibiu os casamentos com o argumento de que os rapazes solteiros e sem laços familiares, eram melhores soldados. Valentim terá ignorado as ordens e continuado a fazer casamentos em segredo a jovens que o procuravam. Segundo a lenda, Valentim foi preso e executado no dia 14 de Fevereiro, por volta do ano 270 d.c.
Outra lenda diz que um outro padre católico, recusou-se a converter-se à religião de Claudio II, e este mandou prendê-lo. Na prisão, Valentim apaixonou-se pela filha do carcereiro que o visitava regularmente, a quem terá deixado um bilhete assinando: "Do teu Valentim" (em inglês, "from your Valentine"), antes da sua execução, também em meados do século III.
Nesta lenda, a conotação do dia e do amor que ele representa, não se relaciona tanto com a paixão, mas mais com o "amor cristão" uma vez que ele foi executado e feito mártir pela sua recusa em rejeitar a sua religião.

Jornal Notícias de Cascais Oeiras, edição 58, ano IV, 1 de Fevereiro de 2012

E então meninas? Gostaram? Qual das lendas é que vocês consideram como a mais verdadeira? Pessoalmente, como sou uma romântica incurável, estou mais inclinada para a primeira. Não sei, acho que o facto do padre casar os casais às escondidas e de ser tudo tão misterioso e perigoso torna a história mais sumarenta, pecaminosa, proibida, percebem? :P Lol!!!!

Até amanhã meninas! Beijinhos!!!